Notícias

Postado em 19 de Abril de 2017 às 17h42

BTA apresenta sua linha de potabilizadores de água e saneantes para indústria alimentícia

Notícias do Setor (155)

Com mais de 10 anos de experiência a BTA Aditivos tem como missão ser reconhecida como empresa inovadora que atende às necessidades dos seus clientes através de produtos e serviços com atendimento personalizado.
Com forte atuação na área de aditivos para nutrição animal, a empresa atende a área de alimentos, no setor de frigoríficos, laticínios, moinhos de trigo e derivados, bebidas, sucos, frutas e verduras. Está presente também atendendo a incubatórios, granjas e matrizes, fábrica de rações, farinhas e óleos.

Durante a Expomeat 2017, a empresa, que busca a inovação e a tecnologia de ponta através de seu departamento de Pesquisa e Desenvolvimento, apresentará em seu estande sua linha de saneantes e potabilizadores de água para indústria alimentícia, com destaque para os produtos com uso de tecnologia limpa e elevada performance no tratamento de água.

SANEANTES & HIGIENIZAÇÃO:

Linha Dynamic:

DYNAMIC CLOREX: desinfetante antimicrobiano de atuação rápida. Age eliminando o crescimento de fungos, bolores, bactérias. Utilizado no processo de desinfecção de instalações, equipamentos e utensílios da indústria alimentícia.

DYNAMIC QUAT: é a última geração dos desinfetantes à base de quartenário de amônia, com excelente atuação contra fungos, bolores, leveduras e bactérias gram-positivas e gram-negativas. Utilizado na desinfecção de ambientes, possui agentes sequestrantes de dureza. Além do DYNAMIC QUAT, em formulação líquida, há ainda as versões DYNAMIC AIR, DYNAMIC AIR SPRAY através da aspersão nos locais desejados, além do DYNAMIC AIR FOAN.

ENZIPRIME: possui em sua fórmula um blend de enzimas concentradas, que age em minutos sobre as sujeiras orgânicas como proteínas, sangue, gordura, fezes, urina e manchas nos frigoríficos, abatedouros, granjas e indústria de laticínios. Altamente eficiente em ambientes que necessitam de rapidez nos processos de limpeza.

TRATAMENTO DE ÁGUA:

HYDRO-POL: é a última geração de produtos desinfecção de água das estações de tratamento (ETA) em abatedouros e frigoríficos. Com alta efetividade contra bactérias, vírus, mofos, algas e esporos, não permite que estirpes resistentes se desenvolvam. Sua ação é muito mais efetiva que os demais derivados do cloro, além de possuir alto tempo de ação residual.

ACQUA PRIME: é um sanitizante para a desinfecção dos processos de tratamento completo da água. Possui ação altamente rápida e eficaz no controle de micro-organismos (vírus, fungos e bactérias). Suas enzimas trabalham na inativação de micro-organismos, eliminando e controlando o crescimento de micro-organismos.

CLORO VITA: voltado para a desinfecção da água de consumo humano, o produto é elaborado a partir de derivados de sais clorados. Possui uma excelente ação na eliminação de micro-organismos patogênicos presentes na água, garantindo a qualidade de acordo com os padrões de potabilidade regulamentados. Cloro Vita apresenta excelente relação custo x benefícios, quando comparado com outros produtos presentes no mercado, como por exemplo, o hipoclorito de sódio.

Informações
BTA Aditivos
José Valter Dornelles Mello - Sócio proprietário
(49) 2020-0020
(47) 3055-2764
www.btaaditivos.com.br


Postado em 19 de Abril de 2017 às 12h06

Imprensa EXPOMEAT

Notícias do Setor (155)

Postado em 18 de Abril de 2017 às 11h31

INCALFER é expositora confirmada na feira EXPOMEAT

Notícias do Setor (155)

A INCALFER é uma empresa que desde 1969 se dedica a projetar, fabricar e comercializar máquinas e equipamentos destinados ao processamento de alimentos em escala industrial com início na Argentina. Em 1987 realizou a primeira exportação para o Brasil, aumentando as mesmas ano a ano desde então.

Sempre atenta à globalização dos mercados e procurando dar melhor atendimento aos clientes brasileiros, em 1997 instalou-se definitivamente no Brasil.

Com fabricação própria na Argentina e no Brasil, possui representantes exclusivos nos Estados Unidos, México, Chile, Bolívia, Equador, Peru, Paraguai, Uruguai, Colômbia, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Honduras, Panamá, Venezuela e Costa Rica.

Todos os equipamentos projetados e fabricados pela INCALFER, são o resultado da firme vocação de seus integrantes, dirigida para a modernização de processos, redução de custos operacionais e constante busca da qualidade dos produtos dos seus clientes.

A Empresa vai expor seus principais produtos na feira EXPOMEAT como:

Cortadores de Carne, Fritadores, Cortadores de Bisteca, Cubetadeiras, Esteiras, Fatiadores de Carnes e Embutidos, Blanchers, Empanadores, Elevadores, Formadoras de Salgados e Projetos Especiais.

Informações:

TEL.: (11) 3296-7700
E-MAIL: CONTATO@INCALFER.COM.BR
SITE: WWW.INCALFER.COM.BR
FACEBOOK: incalfer.equipamentosalimenticios
INSTAGRAM: @incalferbr
BLOG: www.incalfer.com.br/blog
YOUTUBE: www.youtube.com/videosincalfer


Postado em 13 de Abril de 2017 às 10h30

THE MIDDLEBY CORPORATION vai expor seus principais produtos na feira EXPOMEAT

Notícias do Setor (155)

Postado em 12 de Abril de 2017 às 10h27

CSB-System vai expor seus principais produtos na feira EXPOMEAT

Notícias do Setor (155)
Expomeat 2017   "A CSB System é especialista em TI para a indústria alimentícia, especialmente para a indústria da carne. Nossas soluções atraíram muita atenção em...

 

"A CSB System é especialista em TI para a indústria alimentícia, especialmente para a indústria da carne. Nossas soluções atraíram muita atenção em outros eventos aonde fomos premiados por nosso conceito em inovação. Este ano estamos com grande expectativa de que nosso visitantes na EXPOMEAT também possam comprovar porque a CSB system é lider no mercado."
Marcus Goulart

A Empresa vai expor seus principais produtos na feira EXPOMEAT como:

Produtos em destaque:

Informações:

Contato Comercial
Contato: Marcus Goulart
E-mail: marcus.goulart@csb.com
Tel.: +49 2451 625-307
Site: www.csb.com


Postado em 11 de Abril de 2017 às 09h24

MAREL é expositora confirmada na feira EXPOMEAT

Notícias do Setor (155)
Expomeat 2017   “Estamos muito animados com a ExpoMeat 2017. É uma importante oportunidade para apresentar aos nossos clientes os últimos desenvolvimentos e estreitar as parcerias de negócio. Confiamos...

 

“Estamos muito animados com a ExpoMeat 2017. É uma importante oportunidade para apresentar aos nossos clientes os últimos desenvolvimentos e estreitar as parcerias de negócio. Confiamos também na experiência e no trabalho da organizadora do evento para a promoção e divulgação da ExpoMeat entre os principais processadores do mercado.”
Lambert Rutten - Gerente Comercial da Marel Poultry

 


A Marel é a principal fornecedora mundial de equipamentos, sistemas e serviços avançados para as indústrias de processamento de aves, pescados, carnes e alimentos industrializados.

Nossa gama de produtos engloba todo o processo de produção, desde o recebimento da matéria-prima até a embalagem e etiquetagem do produto final. A Marel é a única empresa que oferece sistemas completamente integrados para os quatro setores da indústria, além de uma ampla variedade de unidades autônomas padronizadas.

Os equipamentos e os sistemas de ponta da Marel beneficiam empresas de processamento de alimentos de todos os portes, em todos os mercados, a atingirem o máximo de sua produtividade. Nossos produtos também contribuem diretamente e de forma positiva com a melhoria da qualidade e da utilidade dos alimentos.

A Empresa vai expor seus principais produtos na feira EXPOMEAT como:

Soluções em linha e serviço para todas as fases do processo de produção, para todos os níveis de capacidade.

A Marel Poultry, linha de equipamentos e sistemas para a indústria de processamento de aves, traz como destaque os equipamentos:

AMF-i – Inteligência aplicada à filetagem de peito: Inédito para o Brasil será o Stork AMF-i. Há anos, a Marel Poultry vem estabelecendo o padrão para a filetagem de peito com o seu sistema AMF. Para tornar a vida mais fácil para os processadores de aves, a Marel Poultry agora acrescenta ainda mais inteligência ao processo. Os processadores não precisam mais selecionar manualmente uma receita relacionada ao tamanho do produto, uma vez que as configurações do módulo se ajustam automaticamente ao tamanho do produto medido. Esta inteligência resulta em ótimo rendimento e qualidade do produto final.

Qualidade de açougue com eficiência em linha: O segundo grande ponto de foco para a Marel Poultry durante a ExpoMeat será o Sistema Stork de Filetagem de Sobrecoxa, a primeira solução de filetagem de sobrecoxa em linha de alta capacidade do mundo. Usando este sistema, os processadores de aves agora têm a opção de separar o osso cuidadosamente da carne com a máxima eficiência e consistência, a fim de fornecer filetes de sobrecoxa com qualidade de açougue. Enquanto isso, a cartilagem do joelho é removida com precisão e, em nenhum ponto no processo, há necessidade de corte manual.

Maximizando a utilização do produto no corte: Por último, mas não menos importante, a Marel Poultry destacará o sistema corte modular Stork ACM-NT. Firmes nos renomados transportadores giratórios de produtos da ACM-NT, os produtos passam pelos módulos de processamento de asa, peito e perna, que podem ser adicionados ou contornados de forma flexível. ACM-NT pode produzir uma grande variedade de produtos anatômicos cortados de acordo com suas necessidades de produção. Recursos especiais como limitação de taxa combinada e controle de ponto flutuante trazem ainda mais valor agregado.

Informações:

Marel Poultry
www.marel.com/brazil
sales.br@marel.com


Postado em 10 de Abril de 2017 às 13h47

Unidade da BRF em Mineiros (GO) retoma atividades

Notícias do Setor (155)
Expomeat 2017 A BRF está retomando as atividades na unidade de processamento de carnes em Mineiros (GO) nesta segunda-feira (10), confirmou a assessoria de imprensa da empresa à CarneTec. A unidade de Mineiros é uma...

A BRF está retomando as atividades na unidade de processamento de carnes em Mineiros (GO) nesta segunda-feira (10), confirmou a assessoria de imprensa da empresa à CarneTec.

A unidade de Mineiros é uma das 21 plantas frigoríficas investigadas pela Polícia Federal na operação sobre suposto esquema de corrupção envolvendo 33 fiscais agropecuários federais, e estava interditada pelo governo federal.

A mais recente auditoria realizada pelo Ministério da Agricultura (MAPA) no frigorífico não encontrou irregularidades sanitárias no estabelecimento, mas “problemas de ordem econômica na produção de frango com excesso de água”, segundo informações divulgadas pelo ministério na quinta-feira (06).

A fábrica da BRF de Mineiros, construída em 2006, produz carne de frango e de peru e responde por menos de 5% da produção total da BRF. A planta estava habilitada a exportar para Canadá, União Europeia, Rússia e Japão, além de fornecer produtos para o mercado doméstico, segundo informações divulgadas pela BRF em 18 de março, após a divulgação da Operação Carne Fraca.

Fonte: Carnetec


Postado em 07 de Abril de 2017 às 18h00

BTA Aditivos ampliando mercado

Notícias do Setor (155)
Expomeat 2017 Durante visita ao Brasil, Francesc e José Valter fecharam mais uma parceria A parceria de mais de uma década entre a BTA Aditivos e a BIOTech Biosecurity, localizada em Reus, na Espanha, está rendendo...

Durante visita ao Brasil, Francesc e José Valter fecharam mais uma parceria

A parceria de mais de uma década entre a BTA Aditivos e a BIOTech Biosecurity, localizada em Reus, na Espanha, está rendendo novos negócios. Entre os dias 27 e 30 de março, o diretor da empresa espanhola Francesc Guinovart, esteve em Jaraguá do Sul estreitando a parceria. A conversa resultou numa joint venture entre as duas empresas. Em breve, os produtos fabricados pela BTA e BIOTech, como as linhas Salmokill, BT-OX, Saltech, Hydro-Feed e a linha Dynamic estarão presentes em todos os continentes. A joint venture tem como objetivo estreitar as relações existentes entre as duas empresas e ampliar os mercados para vários países. A previsão é de exportar para mais de 60 países. “Este é um passo importante e um marco histórico para a BTA”, comemora Jose Valter Dornelles Mello, diretor da BTA Aditivos.

 


    Postado em 06 de Abril de 2017 às 14h46

    SINDICARNES

    Notícias do Setor (155)

    Postado em 06 de Abril de 2017 às 10h19

    MAXSOY é expositora confirmada na feira EXPOMEAT

    Notícias do Setor (155)

    Fundada em 2004, a Maxsoy nasceu para representar os melhores produtos derivados de soja e voltados ao mercado cárneo. Ao longo dos anos cresceu significativamente e atualmente possuí uma linha completa de produtos que atendem os mais altos padrões de qualidade e a industria alimentícia em toda sua demanda.

    Seriedade, transparência e sintonia com o progresso são os três pilares que conduzem a Maxsoy e a levam a ocupar atualmente uma posição importante no setor de fabricação e distribuição de aditivos e ingredientes no mercado interno e externo. Além disso, a Maxsoy possui uma equipe de profissionais altamente capacitada e comprometida com o desenvolvimento de soluções, a tornando muito mais que um fornecedor para seus clientes, um parceiro.

    A Empresa vai expor seus principais produtos na feira EXPOMEAT como:

    • Proteínas de Soja
    • Condimentos
    • Carragenas
    • Corantes
    • Aromas de Fumaça
    • Aditivos em geral

    Produtos em destaque:

    • Proteínas de Soja
    • Condimentos
    • Carragenas
    • Corantes

    Informações:

    Razão Social: Maxsoy Alimentos Eireli
    Sócio Administrador: Herbert Fernandes
    CNPJ: 06.346.005/0001-57
    Inscrição Estadual: 748.122.812.115
    Fone: (19) 3809-5454 / (19) 3809-5463
    Celulares: (19) 9.8288-1551
    E-mails: nfe@maxsoy.com.br
    Site: www.maxsoy.com.br


    Postado em 03 de Abril de 2017 às 08h35

    Análise de laboratório no Paraná aponta resultados satisfatórios para amostras de carnes

    Notícias do Setor (155)

    O Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen-PR) concluiu que os resultados de testes em amostras de carnes e embutidos coletadas em Curitiba entre segunda e terça-feira (20 e 21 de março) foram satisfatórios, segundo informações da Secretaria de Saúde do estado divulgadas na sexta-feira (31).

    Os testes foram realizados em um lote de amostras de dez alimentos coletadas pela Vigilância Sanitária de Curitiba.

    As amostras são de carnes resfriadas da Friboi/JBS, carne bovina salgada curada da Novilho Nobre, linguiça tipo calabresa da Sadia/BRF, linguiça mista da BRF, mortadela de frango da Seara/JBS, presunto da Sadia/BRF, salame da Perdigão/BRF e salsichas da Italli/Peccin e da Seara/JBS.

    As companhias que tiveram produtos avaliados têm pelo menos uma planta frigorífica, cada, investigada na operação da Polícia Federal Carne Fraca, sobre esquema de corrupção envolvendo fiscais federais agropecuários e funcionários em frigoríficos.

    Os testes analisaram aspectos físico-químicos dos alimentos, levando em consideração a legislação para cada tipo de produto, pesquisa de nitrito e sulfito utilizados como conservantes, e determinação de pH, que indica a degradação do produto, informou a Secretaria de Saúde do Paraná em nota.

    As carnes também passaram por avaliação microbiológica (clostrídios, estafilococos, coliformes fecais e salmonela), que colabora para identificar eventual contaminação bacteriana, fornecendo informações sobre as condições de higiene do alimento durante sua produção, processamento, distribuição e armazenamento, segundo o chefe da Divisão de Laboratórios de Vigilância Sanitária do Paraná, André Dedecek.

    Dez novas amostras coletadas na semana passada ainda passarão por análise do Lacen-PR, que irá monitorar produtos pelos próximos dois meses, com coletas programadas também em outras cidades do Paraná.

    Fonte: Carnetec


    Postado em 29 de Março de 2017 às 08h48

    Esta chegando! Faltam 40 dias para visitar a EXPOMEAT

    Notícias do Setor (155)

    Postado em 27 de Março de 2017 às 13h14

    China, Chile e Egito retomam compras de carnes brasileiras

    Notícias do Setor (155)

    China, Chile e Egito anunciaram ao governo brasileiro a retomada das compras de carnes produzidas no Brasil, sendo que a suspensão de embarques ficará restrita apenas às plantas frigoríficas investigadas na Operação Carne Fraca, informou o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em comunicados no sábado (25).

    Mais de uma dezena de países restringiu as compras de carne brasileira na semana passada, depois do anúncio da Polícia Federal sobre investigação de suposto esquema de corrupção envolvendo 33 funcionários públicos agropecuários e de 21 plantas frigoríficas no último dia 17 de março.

    Os 21 frigoríficos sob investigação, que incluem a planta da BRF em Mineiros (GO) e a da JBS (Seara Alimentos) em Lapa (PR), já estão com as exportações suspensas pelo próprio governo brasileiro.

    China, Chile e Egito retomaram as importações de carnes brasileiras após receberem esclarecimentos e informações técnicas do Brasil sobre as investigações da Polícia Federal, segundo o Mapa. A Coreia do Sul já havia tomado a mesma decisão de retomar as compras do Brasil na semana passada.

    A decisão desses países traz alívio às indústrias de carnes brasileiras que acumularam perdas de US$ 40 milhões na semana passada por exportações de carnes de frango e suína que deixaram de ser realizadas diante de todos os bloqueios. A China sozinha é o segundo maior importador de carne de frango e o terceiro de carne suína do Brasil.

    “A retomada dos embarques após as apresentações das explicações pelo governo brasileiro mostra a confiança que a China deposita em nosso sistema produtivo para a segurança alimentar de sua população, ofertando a mesma qualidade que entregamos para o mercado brasileiro”, disse o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, em nota.

    O Mapa disse em nota que a reabertura da China é um “atestado categórico da solidez e qualidade do sistema sanitário brasileiro e uma vitória de nossa capacidade exportadora”.

    O governo disse ainda que “as medidas anunciadas pelos governos do Egito e do Chile corroboram a confiança da comunidade internacional no nosso sistema de controle sanitário, que é robusto e reconhecido mundialmente”.

    Hong Kong, Argélia, Jamaica, Trinidad e Tobago, São Cristóvão e Névis, Panamá, São Vicente e Granadinas, Qatar, México, Bahamas e Granada são os países que ainda mantêm suspensão total às importações de carnes brasileiras, segundo lista atualizada pelo Mapa também no sábado.

    Japão, África do Sul, Peru, Canadá, União Europeia, Suíça, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Vietnã são os países que anunciaram que não irão comprar carnes provenientes de algumas plantas frigoríficas investigadas, já bloqueadas pelo governo brasileiro.

    Israel, Barbados e Rússia enviaram pedidos de informações ao governo brasileiro sobre algumas unidades frigoríficas exportadoras.

    Já Estados Unidos, Argentina e Malásia reforçaram os controles de inspeção sanitária dos produtos brasileiros.

    O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse ainda na sexta-feira (24) que os EUA comunicaram ao governo federal que as carnes brasileiras não serão embargadas pelo país.

    “O embaixador americano, Michael McKinley, me ligou dizendo que essa é a posição de Sonny Perdue, indicado para ocupar o posto de secretário da Agricultura dos Estados Unidos”, disse Maggi, em nota.

    Fonte: Carnetec


    Postado em 27 de Março de 2017 às 13h13

    China, Chile e Egito retomam compras de carnes brasileiras


    Postado em 27 de Março de 2017 às 09h56

    BTA Aditivos é expositora confirmada na feira EXPOMEAT

    Notícias do Setor (155)
    Expomeat 2017 “A Expomeat é uma vitrine que possibilita mostrarmos nossos lançamentos em produtos e tecnologias para o setor de processamento da proteína animal. É também uma oportunidade de...

    “A Expomeat é uma vitrine que possibilita mostrarmos nossos lançamentos em produtos e tecnologias para o setor de processamento da proteína animal. É também uma oportunidade de interação com fornecedores e clientes em todo o Brasil”.
    Celice Tamanini, Marketing - BTA Aditivos