21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 08 de Dezembro de 2020 às 11h35

Exportação brasileira de carne bovina em novembro bate recorde no ano

Notícias do Setor (306)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal O volume de exportação brasileira de carne bovina em novembro registrou recorde mensal para o ano, a 197,85 mil toneladas,...

O volume de exportação brasileira de carne bovina em novembro registrou recorde mensal para o ano, a 197,85 mil toneladas, impulsionado pelas compras da China, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na segunda-feira (07).

O volume de embarques de carne bovina em novembro foi 9,8% superior ao exportado no mesmo mês do ano passado.

Em receita, as exportações de carne bovina brasileiras em novembro somaram US$ 844,8 milhões, acima do faturamento de US$ 841,9 milhões no mesmo mês de 2019.

No acumulado do ano, as exportações brasileiras de carne bovina somaram 1,85 milhão de toneladas, 9% acima do registrado um ano atrás. A receita subiu 14% para US$ 7,7 bilhões.

A Abrafrigo disse em nota que mantém a estimativa de que o volume de exportações de carne bovina brasileira neste ano ficará 10% acima do registrado em 2019, com alta de 15% no faturamento.

A China comprou 1,07 milhão de toneladas de carne bovina brasileira de janeiro a novembro de 2020, comparadas a 734,6 mil toneladas no mesmo período de 2019. Esse volume equivale a 57,9% de toda a carne bovina exportada pelo Brasil neste ano.

O segundo maior comprador do produto brasileiro é o Egito, que reduziu as compras em 23,7% até novembro para 122,75 mil toneladas, seguido de Chile, que comprou 21,1% a menos num total de 56,37 mil toneladas. A Rússia ficou em quarto lugar, tendo adquirido 56,37 mil toneladas nos 11 primeiros meses de 2020, queda de 14,8% na comparação anual.


Já os Estados Unidos, o quinto maior comprador de carne bovina brasileira, elevou as compras em 52,6% neste ano, para 54,38 mil toneladas. O país reabriu seu mercado para a carne bovina brasileira in natura em fevereiro deste ano.

“No total, 82 países aumentaram suas aquisições enquanto outros 90 reduziram as compras”, disse a Abrafrigo.



Fonte: Carnetec

Veja também

Exportação de carne suína in natura é recorde em maio, diz Cepea09/06/20 O Brasil exportou um volume recorde de carne suína in natura em maio, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia compilados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Foram exportadas 90,7 mil toneladas de carne suína in natura em maio, alta de 53,2% em relação ao registrado no mesmo mês do ano......
JBS, Minerva e Marfrig entre habilitadas a exportar para EUA05/03/20 A JBS tem 11 unidades brasileiras aprovadas a exportar carne bovina in natura para os Estados Unidos, a Minerva tem cinco e a Marfrig tem três, informaram as empresas. A reabertura do mercado dos EUA para a carne bovina in natura foi anunciada pelo......

Voltar para Notícias (pt)