21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 12 de Janeiro às 15h12

Frigol aparece em ranking entre as 100 principais empresas do agro brasileiro

Notícias do Setor (351)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Frigol S.A. ocupa a 68ª posição entre os Gigantes do Agronegócio, ranking da revista Forbes que identifica as cem...


A Frigol S.A. ocupa a 68ª posição entre os Gigantes do Agronegócio, ranking da revista Forbes que identifica as cem principais empresas do agro brasileiro.

A companhia aparece no ranking pelo terceiro ano consecutivo, com destaque tanto nos parâmetros de desempenho como expectativa para o futuro, divulgou a Frigol na segunda-feira (11).

Com sistemas de rastreabilidade que garantem a origem dos produtos, ações de governança e de consciência socioambiental, a Frigol adequa-se perfeitamente aos conceitos de empresas voltadas para o futuro, disse a empresa em nota.

“Somos uma empresa 100% brasileira e trabalhamos com boas práticas e responsabilidade social e ambiental porque efetivamente acreditamos nestes pilares. ?Os nossos investimentos em tecnologias e pessoas são constantes. Temos orgulho em levar o nome do Brasil como sinônimo de qualidade, responsabilidade e confiança para mais de 60 países”, destacou Marcos Câmara, CEO da Frigol, na mesma nota.

O ranking da revista Forbes é baseado nos demonstrativos das agências Standard & Poor’s, da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da empresa de informações financeiras Economatica.

A Frigol é um dos líderes nacionais em produção de carne bovina e suína, com cinco unidades de produção: duas no estado de São Paulo, duas no Pará e uma em Goiás. Com aproximadamente 2,8 mil colaboradores, a empresa atende o mercado nacional e exporta para mais de 60 países em todos os continentes.

Fonte Carnetec

Veja também

Santa Catarina atinge US$ 1 bilhão com exportações de carne suína, maior marca da história15/12/20 Pela primeira vez na história, Santa Catarina alcança o faturamento de US$ 1 bilhão com os embarques de carne suína. De janeiro a novembro de 2020, o estado exportou mais de 479,4 mil toneladas do produto, superando em 26,6% o desempenho do ano anterior. Os números são divulgados pelo Ministério da Economia e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento......

Voltar para Notícias (pt)