Notícias

Postado em 24 de Março às 14h04

Associações do setor de carnes garantem abastecimento durante surto do coronavírus

EXPOMEAT 2019 Associações representativas da cadeia de produção e comercialização de carnes no Brasil disseram por meio de comunicados na segunda-feira (23) que o setor continua trabalhando para garantir...

Associações representativas da cadeia de produção e comercialização de carnes no Brasil disseram por meio de comunicados na segunda-feira (23) que o setor continua trabalhando para garantir o abastecimento de proteínas durante o surto de coronavírus no país.

Em comunicado conjunto, a Associação Brasileira de Criadores de Suínos (ABCS), a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) disseram que granjas, indústrias frigoríficas e os supermercados não interromperam seu funcionamento. Esses estabelecimentos estão priorizando o cumprimento de normas do Ministério da Saúde para a segurança de colaboradores e clientes, segundo as entidades.

“Aos nossos milhares de consumidores, reforçamos nosso compromisso com a manutenção de preços justos e na oferta de cortes de frango e suínos nas gôndolas”, informaram as associações.

Em nota separada, a Associação Catarinense de Avicultura (Acav) e o Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados de Santa Catarina (Sindicarne-SC) disseram que estão mantendo “níveis de produção para que nada falte à população catarinense e brasileira, dando um cuidado mais apurado ainda aos nossos colaboradores e mantendo também a destacada sanidade animal do estado que é reconhecida internacionalmente”.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse no domingo (22) que o Ministério da Agricultura tomou medidas para não interromper a fiscalização, vigilância e serviços essenciais exercidos pelo Mapa e garantir a normalidade da produção, distribuição e exportação de produtos.

“Vivemos hoje um momento difícil no nosso país, com a entrada do coronavírus, mas eu quero dar uma garantia a vocês, que o Brasil, além de grande produtor que é de grãos e de proteínas, vivemos hoje a maior safra da história deste país. Portanto, nós temos produtos, mas precisamos processá-los neste momento difícil que estamos passando”, disse Tereza Cristina em vídeo divulgado via Facebook.

“Nós precisamos muito do trabalho de vocês”, disse a ministra se referindo aos trabalhadores do setor agrícola, processamento e de transporte e distribuição de produtos.

Fonte: Carnetec

Veja também

JBS vê até US$30 milhões em sinergias com aquisição da Plumrose nos EUA14/03/17 A JBS S.A. espera ganhos de sinergia de US$25 milhões a US$30 milhões com a aquisição da processadora de carnes Plumrose nos Estados Unidos, disse o CEO global Wesley Batista em teleconferência com analistas na terça-feira (14). “Essa aquisição aumenta a presença da JBS em produtos com marcas de alto valor agregado”, disse Batista.......
MULTIÁGUA estará presente na EXPOMEAT 202127/12/19 A MULTIAGUA é mais uma empresa confirmada como expositora na Expomeat 2021, que acontece entre os dias 21 e 23 de setembro, no Pavilhão de Exposições Anhembi, em São Paulo. Reconhecidos por garantir eficiência em......

Voltar para Notícias (pt)