Notícias

Postado em 13 de Setembro de 2017 às 08h53

Exportação de carne bovina em agosto tem melhor resultado do ano

EXPOMEAT 2019 As exportações brasileiras de carne bovina estão apresentando recuperação e podem superar 1,5 milhão de toneladas em 2017 caso a tendência observada até agosto se mantenha,...

As exportações brasileiras de carne bovina estão apresentando recuperação e podem superar 1,5 milhão de toneladas em 2017 caso a tendência observada até agosto se mantenha, segundo estimativa da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) divulgada na segunda-feira (11).

“O mercado externo está atravessando um momento muito favorável ao produto brasileiro no momento e que está sendo aproveitado por quase todos os países exportadores que estão elevando suas vendas, principalmente para o mercado chinês”, informou a Abrafrigo em nota.

De janeiro a agosto, as exportações de carne bovina somam 930,4 mil toneladas e US$ 3,8 bilhões.

Em agosto, houve crescimento de 34%, para 145,8 mil toneladas, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic). Já a receita subiu 35%, para US$ 607 milhões.

O resultado alcançado em agosto é o maior mensal neste ano, em volume e receita. “Além disso, o resultado registrado representa o melhor desempenho desde outubro de 2013, em volume, e dezembro de 2014, em faturamento”, informou a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) em nota separada.

A China importou 297,1 mil toneladas de janeiro a agosto, incluindo importações continentais e por Hong Kong, gerando receita de US$ 1,36 bilhão, segundo dados compilados pela Abrafrigo.

A Rússia está na segunda posição, com compra de 103,4 mil toneladas e receita de US$ 333 milhões no período. Em terceiro lugar, está o Egito, com 83,4 mil toneladas, seguido do Irã (75,2 mil toneladas).

“Cabe lembrar que, ainda como resultado da Operação Carne Fraca e dos problemas que o setor vem enfrentando desde o início do ano, as vendas para a maior parte dos países que formam a Europa Ocidental estão bem abaixo do esperado”, informou a Abrafrigo.

Fonte: Carnetec

Veja também

China deve habilitar mais 22 plantas brasileiras para exportação de carnes06/11/17 Vinte e duas plantas frigoríficas brasileiras deverão receber autorização para exportar carnes para a China, informou o ministro da Agricultura Blairo Maggi na quarta-feira (01). Entre essas plantas, 11 são produtoras de carnes de aves e outras 11 de carne bovina, segundo a Associação Brasileira de Proteínal Animal (ABPA). “Agora, só falta a......
Vendas à China se aproximam de 40% das exportações de carne bovina16/11/17 Segundo a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), o apetite chinês pela carne bovina brasileira não dá sinais de arrefecimento. "E ele vem compensando amplamente as quedas de vendas para os......
Continuação da entrevista sobre tendências do consumo mundial de carnes01/03/17 A edição impressa da revista CarneTec do primeiro trimestre traz, na seção Análise Regional, a continuação da entrevista com a engenheira de alimentos Sandra Mian, uma das maiores especialistas da atualidade no......

Voltar para Notícias (pt)