Notícias

Postado em 07 de Novembro de 2019 às 17h16

Exportações brasileiras de carne bovina atingem melhor resultado mensal da história em outubro

EXPOMEAT 2019 Volume embarcado em outubro foi de 185.537 toneladas e receitas somaram US$ 808,4 milhões As exportações brasileiras de carne bovina fecharam o mês de outubro com recorde em faturamento e nos volumes...

Volume embarcado em outubro foi de 185.537 toneladas e receitas somaram US$ 808,4 milhões

As exportações brasileiras de carne bovina fecharam o mês de outubro com recorde em faturamento e nos volumes embarcados. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), o volume exportado em outubro foi de 185.537 toneladas, crescimento 15% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado representa o maior volume mensal já embarcado pelo país e o maior faturamento em um mês. Em relação ao faturamento, o mês fechou com receita de US$ 808,4 milhões, 30% acima do mesmo mês em 2018. Se comparados ao mês de setembro, os resultados de outubro apontam alta de 33% no faturamento e 28% no volume embarcado.

Quando se olha o acumulado do ano o resultado também é positivo. De janeiro a outubro de 2019 foram exportadas 1.463.922 toneladas de carne bovina, com receitas de US$ 5,776 bilhões, crescimento de 9,9% e 7,5%, respectivamente ante ao mesmo período do ano passado. “Os resultados mostram a consolidação da carne brasileira nos principais mercados internacionais”, explica o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli.

Um dos principais aspectos para esses resultados é o avanço das exportações para a China, que em outubro somaram 65.827 toneladas, crescimento de quase 62% em relação ao mês anterior. Quando se observa os tipos de produtos, as vendas de carne in natura registraram alta de 29,4% em relação a setembro, somando 160.099 toneladas.

Fonte: Abiec

Veja também

ABPA estima alta de 4% a 5% nas exportações de carne suína em 201818/12/17 Os volumes de exportações de carne suína brasileira devem crescer entre 4% e 5% em 2018, em comparação com a estimativa para 2017, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O setor brasileiro de carne suína deverá fechar 2017 com queda de 5,4% nos volumes exportados, a 693 mil toneladas. A receita resultante das......
Aurora Alimentos anuncia ampliação de 10% no abate de suínos24/10/17 A Cooperativa Central Aurora Alimentos - terceiro maior grupo brasileiro de proteína animal – anunciou que ampliará em 10% o abate industrial diário de suínos até o fim deste ano. O abate crescerá das atuais 18......
Caminho promissor para a piscicultura04/12/17 A produção de peixes no Paraná ganha mais um incentivo com a redução na carga tributária, além da demanda crescente nos frigoríficos locais; produtor que investir em tecnologia tem tudo para crescer...

Voltar para Notícias (pt)