Notícias

Postado em 16 de Novembro de 2017 às 16h44

Garantia de abate halal deve aumentar exportação a países muçulmanos

Notícias do Setor (206)
Expomeat 2017 (Mapa) divulgou nesta semana que encaminhará à Congregação Fikh, entidade de jurisprudência muçulmana, estudo que comprova a aplicação no Brasil do método halal. A...

(Mapa) divulgou nesta semana que encaminhará à Congregação Fikh, entidade de jurisprudência muçulmana, estudo que comprova a aplicação no Brasil do método halal.

A medida deverá facilitar negócios e ampliar as exportações brasileiras de carne de frangos e de bovinos para mais de 50 países que integram a congregação.

O ministro interino do Mapa, Eumar Novacki, comprometeu-se a enviar estudo realizado pela Embrapa e pela USP sobre abate que atende a princípios religiosos desses países.

Novacki recebeu comitiva integrada pelo secretário-geral da Congregação Fikh, Abdel Salam Al Abadi, pelo primeiro conselheiro da Liga Mundial Muçulmana, Abdul Al Aziz Mohamad Al Souli, e pelo vice-presidente do Centro de Divulgação do Islã para a América Latina (Cdial Halal), Ali Ahmad Saifi.

Em São Paulo, no fim de semana, a comitiva participou do primeiro congresso halal do Brasil.

O questionamento ao ministro foi quanto à confirmação formal da prática de abate, em complemento a visitas técnicas já realizadas a empresas brasileiras exportadoras. Os muçulmanos fazem questão de informações científicas e oficiais de governo.

Fonte: Carnetec

Veja também

Mercoagro 2018: Eventos paralelos farão a difusão de conhecimento e tecnologia30/10/17 Estão definidos os principais eventos paralelos à Mercoagro 2018 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) programada para o período de 11 a 14 de setembro de 2018 no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó. A Mercoagro é organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó......
Crise de escassez de milho não se repetirá em 201712/01/17Milho suficiente e a preços compatíveis para agroindústrias da carne e para os produtores rurais garante tranquilidade ao agronegócio de SC em 2017 O mercado agrícola catarinense não viverá, neste ano, o drama da escassez acentuada de milho e o encarecimento da produção de carnes que, em 2016, derrubou a rentabilidade das indústrias de processamento de aves e de......

Voltar para Notícias (pt)