Notícias

Postado em 23 de Janeiro de 2018 às 12h41

JBS vai restituir pecuaristas com diferença do Funrural de janeiro

EXPOMEAT 2019 A JBS S.A. informou na segunda-feira (22) que pecuaristas que tiveram animais abatidos pela companhia entre 1º e 9 de janeiro serão restituídos com a diferença de 0,8 ponto percentual referente à...

A JBS S.A. informou na segunda-feira (22) que pecuaristas que tiveram animais abatidos pela companhia entre 1º e 9 de janeiro serão restituídos com a diferença de 0,8 ponto percentual referente à mudança na alíquota do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

A partir de 10 de janeiro, a alíquota do Funrural foi reduzida de 2,3% para 1,5%, por meio de lei sancionada pelo presidente Michel Temer.

A alíquota do Funrural é recolhida dos pecuaristas pelos frigoríficos e repassada pela indústria de carnes ao governo.

A restituição realizada pela JBS é referente ao valor descontado dos pecuaristas sobre o preço dos bois para abate nos primeiros dias de janeiro, anteriores à sanção da lei.

“Com essa medida, que alcança mais de 4 mil fornecedores em todo o país, a JBS reafirma sua parceria com a pecuária nacional”, disse a JBS por meio de nota.

A JBS não informou o valor total das restituições.

Fonte: Carnetec

Veja também

ABPA estima alta de 4% a 5% nas exportações de carne suína em 201818/12/17 Os volumes de exportações de carne suína brasileira devem crescer entre 4% e 5% em 2018, em comparação com a estimativa para 2017, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O setor brasileiro de carne suína deverá fechar 2017 com queda de 5,4% nos volumes exportados, a 693 mil toneladas. A receita resultante das......
Selovac confirma participação na Expomeat 202113/11/19 A Selovac é mais uma empresa confirmada como expositora na Expomeat 2021, que acontece entre os dias 21 e 23 de setembro, no Pavilhão de Exposições Anhembi, em São Paulo. A Selovac é fabricante de......
BRF cria subsidiária Sadia Halal para atender mercados muçulmanos30/10/17 A BRF S.A. anunciou na noite de quinta-feira (30) que criará a subsidiária Sadia Halal, destinada a atender o mercado muçulmano, que exige que as carnes sejam produzidas segundo regras do Islã. A nova subsidiária......

Voltar para Notícias (pt)