Notícias

Postado em 21 de Setembro de 2017 às 09h51

Mato Grosso supera SP como principal exportador de carne bovina em agosto, diz Imea

EXPOMEAT 2019 Exportadores de carne bovina de Mato Grosso registraram a segunda maior receita da sua histórica com as vendas externas do produto em agosto e superaram São Paulo como principal estado exportador de carne bovina do...

Exportadores de carne bovina de Mato Grosso registraram a segunda maior receita da sua histórica com as vendas externas do produto em agosto e superaram São Paulo como principal estado exportador de carne bovina do país, segundo informações do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

O estado de MT exportou 29,6 mil toneladas de carne bovina em agosto, gerando uma receita de US$ 125,66 milhões. Esse faturamento representa crescimento de 55,5% em relação a agosto de 2016, e é 1,4% superior ao registrado pelos exportadores do estado de SP no mês passado.

As vendas externas de carne bovina de MT foram responsáveis por 20,8% do faturamento total do setor brasileiro em agosto, quando o estado exportou carne bovina in natura para 40 países.

Em volume, MT já vinha superando SP desde julho como principal exportador de carne bovina do país, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec). Em agosto, 20% da carne exportada pelo país teve MT como origem. Hong Kong, Irã, Egito e União Europeia representaram 77% das exportações do estado.

Apesar do resultado positivo das exportações, o Imea alerta para o fato de que o preço da carne do estado apresenta queda de 27,9% em relação a setembro de 2011, para US$ 4,4 mil por tonelada em agosto de 2017.
“Ainda que tal movimentação tenha sido influenciada pela desvalorização do real, a competitividade do estado e a qualidade da carne oferecida já são consolidadas, cabe agora buscar outras medidas para agregação de valor, procurando ir além dos grandes volumes exportados”, avaliou o Imea em relatório.

As exportações brasileiras de carne bovina em agosto somaram 145,8 mil toneladas, alta de 34% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) divulgados em meados de setembro. Já a receita subiu 35%, para US$ 607 milhões.

Fonte: Carnetec

Veja também

Exportações brasileiras de carne suína encerram 2016 com alta de 32% em volume18/01/17 Confirmando o bom ano vivido pela suinocultura do Brasil no mercado internacional, as exportações do setor (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 732,9 mil toneladas em 2016, volume que supera em 32% as 555,1 mil toneladas embarcadas em 2015. Com o forte desempenho dos embarques, a receita acumulada nos 12 meses de 2016 alcançou US$ 1,483 bilhão,......
GESTÃO OPERACIONAL JUNTO A CADEIA PRODUTIVA DA CARNE BOVINA BRASILEIRA03/07/18 Você profissional que trabalha junto ao negócio carne bovina no Brasil, precisa entender de forma simples, clara e objetiva quais são as mudanças que vem acontecendo nos últimos anos junto a gestão do negócio e......
Aurora Alimentos anuncia ampliação de 10% no abate de suínos24/10/17 A Cooperativa Central Aurora Alimentos - terceiro maior grupo brasileiro de proteína animal – anunciou que ampliará em 10% o abate industrial diário de suínos até o fim deste ano. O abate crescerá das atuais 18......

Voltar para Notícias (pt)