Notícias

Postado em 13 de Setembro às 08h58

Santa Catarina segue com crescimento nas exportações de carnes

Notícias do Setor (117)
Expomeat 2017 As exportações catarinenses de carnes seguem em alta e o acumulado do ano já supera o mesmo período de 2016. De janeiro a agosto, o faturamento com as exportações de carne suína e de...

As exportações catarinenses de carnes seguem em alta e o acumulado do ano já supera o mesmo período de 2016. De janeiro a agosto, o faturamento com as exportações de carne suína e de frango já ultrapassa US$ 1,6 bilhão, com mais de 843,6 mil toneladas vendidas para outros países. As expectativas são de que o setor continue em crescimento após anúncio de que a China deve aumentar as compras de carnes do Brasil.

O mês de agosto terminou com resultados favoráveis para as exportações de Santa Catarina, com crescimento nos embarques de carne suína e de frango. Ao todo, foram 96,7 mil toneladas de carne de frango exportadas, um aumento de 17% em relação a julho, e o faturamento chegou a US$ 175,2 milhões, 14,7% maior do que no último mês.

Se comparado a agosto de 2016, o incremento nas exportações de frango é ainda maior. O faturamento foi 18,5% maior e o volume foi 22% superior aos números registrados naquele mês.

As exportações de carne suína também seguem em alta. Em agosto, foram 28,6 mil toneladas embarcadas, 11,2% a mais do que em julho, e o faturamento passou dos US$ 66 milhões, 3,6% superior ao alcançado no último mês. Em comparação a agosto de 2016, as exportações tiveram um crescimento de 26,9% no faturamento e 14,5% no volume embarcado.

A intenção de Santa Catarina é aumentar ainda mais esses números. O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, disse em nota que o anúncio de que a China quer ampliar a compra de carnes do Brasil pode ser uma boa notícia para o agronegócio catarinense.

"A China já é o segundo maior comprador de carnes de Santa Catarina e nós podemos aumentar nossa presença naquele mercado. A carne produzida em Santa Catarina tem um grande diferencial: a qualidade dos nossos rebanhos. Somos reconhecidos internacionalmente como área livre de febre aftosa sem vacinação, o que dá muita credibilidade para o produto catarinense", ressaltou.
Acumulado do ano

De janeiro a agosto de 2017, já foram embarcadas mais de 652,5 mil toneladas de carne de frango, gerando uma receita de US$ 1,2 bilhão, faturamento 8,6% superior ao mesmo período do ano passado.

Para carne suína, desde janeiro deste ano, Santa Catarina exportou 191 mil toneladas, arrecadando mais de US$ 451,5 milhões. Em relação ao mesmo período de 2016, o incremento foi de 33,8% na receita e de 6,7% no volume.

Os números foram divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri).

Fonte: Carnetec

Veja também

Mundo quer mais frango! Produção deve crescer em 2017 e Brasil sai na frente03/11/16 As previsões do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) demonstram uma expansão global no consumo de carne de frango em 2017. Segundo os pesquisadores, a estimativa é de aumento de ao menos 1% na produção global. E o Brasil, segundo a pesquisa, terá forte participação nesse crescimento. A estimativa é que haja um incremento de 3,5% na......
Abate de vacas aumenta e pode atingir pico em fevereiro16/02 O abate de vacas aumentou em fevereiro como consequência dos preços mais competitivos e maior oferta de fêmeas em relação aos machos, informou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), que prevê......

Voltar para Notícias (pt)