09 A 11
DE novembro DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 26 de Novembro de 2020 às 09h11

Pif Paf está entre as líderes de bens de consumo

Notícias do Setor (571)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Pif Paf Alimentos é a segunda melhor empresa do setor de bens de consumo do Brasil, de acordo com o ranking "Melhores e Maiores...

A Pif Paf Alimentos é a segunda melhor empresa do setor de bens de consumo do Brasil, de acordo com o ranking "Melhores e Maiores 2020" da revista Exame, um dos mais tradicionais e importantes do país. A divulgação do resultado aconteceu hoje 18/11, no evento de premiação, que, pela primeira vez, foi transmitido online e aberto a todas as pessoas. A companhia mineira ainda tem outros motivos para comemorar: subiu 55 posições na classificação das 1000 maiores organizações do país por renda líquida, e entrou para o TOP 100 na categoria Agronegócio.

O desempenho expressivo reforça uma gestão apoiada nas melhores práticas de governança corporativa, responsabilidade socioambiental e na cultura de inovação, além da assertividade na implementação de um robusto plano de crescimento sustentável para os próximos anos. "Mais uma vez, a Pif Paf se destaca entre as melhores empresas do país, em um ano tão desafiador como foi 2020. É um grande reconhecimento do esforço e dedicação de toda nossa equipe para seguir sempre como referência em qualidade, sustentabilidade e rentabilidade. Reflete, também, a efetividade do nosso planejamento estratégico", afirma o CEO da companhia, Rodrigo Coelho.

Com 47 anos de existência, o ranking "Melhores e Maiores" é o maior estudo sobre a evolução dos negócios no Brasil e uma das mais relevantes premiações de excelência empresarial em 20 setores da economia. A definição da classificação em cada um deles é feita por meio de análise técnica, baseada em metodologia desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), ligada à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP). O critério para avaliar o sucesso é, basicamente, uma comparação dos resultados obtidos em termos de crescimento, rentabilidade, saúde financeira, participação de mercado e produtividade por empregado.

Fonte: feed&food

Veja também

Santa Catarina registra alta de 54% no faturamento com as exportações de carne suína em abril01/06 Maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina mantém crescimento nas exportações e amplia em 54% o faturamento com os embarques em abril. No último mês, o agronegócio catarinense exportou mais de 50 mil toneladas de carne suína, gerando receitas que passam de US$ 123,7 milhões - o segundo maior valor da série histórica iniciada em......
SC mantém a liderança na suinocultura brasileira20/04 A suinocultura catarinense continua liderando a produção e a exportação brasileira, apesar dos fortes incentivos que outras unidades da Federação estão destinando ao setor. O Estado catarinense superou mais um......
Cobb-Vantress atualiza Manual de Processamento de Aves07/04 Melhorar o processo de abate, os rendimentos finais dos abatedouros e a qualidade de carne são os principais objetivos do Manual de Processamento de Aves, atualizado pela Cobb-Vantress, anunciou o médico veterinário e especialista em......

Voltar para Notícias (pt)