21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 06 de Outubro de 2017 às 12h53

Exportações de carne bovina brasileira sobem 2% em 2017

EXPOMEAT 2021 As exportações brasileiras de carne bovina somam 1,065 milhão toneladas nos nove primeiros meses do ano, alta de 2,2% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados compilados...

As exportações brasileiras de carne bovina somam 1,065 milhão toneladas nos nove primeiros meses do ano, alta de 2,2% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados compilados pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na quinta-feira (5).

Apenas em setembro, foram embarcadas 135,6 mil toneladas de carne bovina, 17% a mais que o exportado em setembro do ano passado.

Com esse resultado, a Abrafrigo vê uma “grande possibilidade” de o setor alcançar um crescimento de 10% nas exportações em 2017, na comparação com 2016, chegando a 1,5 milhão de toneladas.

Nos nove primeiros meses de 2017, a receita com exportações cresceu 7%, para US$ 4,33 bilhões. Apenas em setembro, o faturamento com embarques de carne bovina somou US$ 555,2 milhões, crescimento de 17,7% na comparação anual.

“O mercado internacional está amplamente favorável aos países exportadores de carne bovina como o Brasil e o apetite dos chineses parece inesgotável, aumentando suas importações mês a mês”, informou a Abrafrigo em nota.

As compras de carne bovina brasileira por Hong Kong somam 247 mil toneladas em 2017, alta de 11% ante o mesmo período do ano passado. A China continental ampliou suas aquisições em 31,8% no mesmo período, para 146,6 mil toneladas.

A Rússia também elevou suas compras em 12,5%, para 116,8 mil toneladas, enquanto Irã aumentou em 43,3%, os Estados Unidos em 27% e a Arábia Saudita em 57,3%.

Fonte: Carnetec

Veja também

Nota de repúdio: Quem denigre a imagem do agronegócio não conhece sua importância10/01/17 “Quem denigre a imagem do agronegócio não conhece sua importância para a produção de alimentos”. Com esta frase, a Associação Brasileira de Marketing Rural & Agronegócio (ABMRA) inicia sua nota de repúdio contra trecho do samba-enredo deste ano de uma escola de samba do Rio de Janeiro. No texto, enviado na segunda-feira (9) à......

Voltar para Notícias (pt)