09 A 11
DE novembro DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 15 de Dezembro de 2020 às 12h04

China amplia compra de carne bovina brasileira

Notícias do Setor (528)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal Ao manter robustez, “China aumenta compras e exportações totais de carne bovina sobem 10% em novembro”, como aponta a...

Ao manter robustez, “China aumenta compras e exportações totais de carne bovina sobem 10% em novembro”, como aponta a Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO).

De acordo com a Associação, as compras chinesas voltaram a aumentar em relação ao mês anterior e exportações totais de carne bovina (in natura + processada) cresceram 10% em volume e praticamente empataram nas receitas em novembro. Cenário manteve a previsão de um crescimento em 2020 próximo de 10% em volume e de aproximadamente 15% nas receitas.

A ABRAFRIGO, ao compilar os dados divulgados pelo Ministério da Economia, por meio da Secretaria de Comércio Exterior (Secex/Decex), também constatou que país asiático também aumentou as compras, indo de 109 mil toneladas em outubro para 123 mil toneladas em novembro.

“A exportação atingiu o recorde no ano com uma movimentação de 197.852 toneladas e receita de US$ 844,8 milhões. Em 2019, as exportações de novembro foram de 180.214 toneladas e a receita de US$ 841,9 milhões. No acumulado do ano, as exportações atingiram a 1.848.067 toneladas contra 1.701.032 toneladas no mesmo período de 2019, crescimento de 9%. As receitas, por sua vez, alcançaram a US$ 7,7 bilhões até novembro de 2020 contra US$ 6,8 bilhões até novembro de 2019, crescimento de 14%”, detalha a ABRAFRIGO.

Ainda segundo a Associação, com tal movimentação, o mercado chinês importou até agora 57,9% da exportação total brasileira de carne bovina, contra 43,2% em 2019, “somando-se as operações realizadas pelo continente e pela cidade estado de Hong Kong. Em volume, a China movimentou até novembro de 2019 o total de 734.617 toneladas. Até novembro de 2020 essa movimentação subiu para 1.071.273 toneladas”.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Mercado de suínos aquecido e com cotações subindo27/10/20 As cotações no mercado de suínos continuaram em ascensão ontem, terça-feira (20). De acordo com análise do Cepea/Esalq, a oferta ainda restrita de animais em peso ideal para abate e o incremento na demanda por parte de frigoríficos seguem elevando os valores do suíno vivo nestas primeiras semanas de outubro. Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria,......
Marfrig rastreará gado de abate28/07/20 A fim de auxiliar na contenção do desmatamento na Amazônia, a Marfrig Global Foods anunciou um compromisso para rastrear a origem de todo o gado abatido, desde a criação do bezerro. A iniciativa Marfrig Verde+ tem como meta......
Brasil: falta inteligência agrícola04/11/20 Estabelecer regras para evitar que a exportação excessiva – geralmente puxada por situação cambial favorável – crie perigosa escassez no mercado interno será, com certeza, uma reivindicação......

Voltar para Notícias (pt)