EXPOMEAT
É ADIADA PARA 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 07 de Julho às 15h32

Copacol pretende faturar R$ 10 bilhões em 2025

Notícias do Setor (642)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal Como meta estabelecida no planejamento estratégico, a Copacol pretende atingir R$ 10 bilhões em faturamento em 2025. O valor...

Como meta estabelecida no planejamento estratégico, a Copacol pretende atingir R$ 10 bilhões em faturamento em 2025. O valor estimado anunciado pelo diretor-presidente, Valter Pitol, está alicerçado na missão da Cooperativa, desenvolvendo ações de cooperação no agronegócio, buscando continuamente a excelência dos produtos e serviços, proporcionando satisfação aos clientes, gerando renda e bem-estar aos cooperados, colaboradores e parceiros. “Planejamos de maneira responsável um crescimento seguro. Em fevereiro fizemos toda uma análise das nossas atividades e tivemos uma definição dos rumos a serem tomados, estabelecidos no plano estratégico. Vamos praticamente dobrar nosso faturamento em cinco anos, graças ao ganho na produção, industrialização e participação no mercado, que geram oportunidades aos cooperados, emprego e tributos aos municípios”, afirma Pitol.
Em 2020, o faturamento da Copacol foi de R$ 5,6 bilhões. Mesmo com as dificuldades ocasionadas pela pandemia e com a elevação dos custos de produção, a Cooperativa estima chegar neste ano a um faturamento próximo de R$ 7 bilhões.
PROPÓSITO RG
Crescer juntos, esta é nossa identidade. Esse é o fundamento do RG Copacol, que sistematiza as ações para garantir equilíbrio econômico e financeiro para cooperados, colaboradores, clientes e comunidade: R de Rentabilidade de 5% e G de Geração de Valores. Esse ciclo encerra em 2023, quando será implantado um novo propósito desafiador para o desenvolvimento das atividades.
PLANEJAMENTO
Anualmente, os gestores estabelecem metas nas atividades agroindustriais, que envolvem a produção de cereais, insumos, aves, pescados, suínos e leite.
Nas atividades agroindustriais, a Cooperativa estima aumento considerável na produção de peixes (230 mil/dia até 2025), com a nova estrutura em Toledo; maior participação na suinocultura, com investimentos na Central Frimesa, e ampliar a industrialização de aves, que representa 60% do faturamento bruto da Cooperativa. Também estão estabelecidas estratégias para o recebimento de grãos, produção de sementes e rações, bem como outros negócios da empresa.
Em ações sociais, a Cooperativa mantém programas voltados aos colaboradores, clientes, parceiros, elevação da produtividade entre os cooperados e projetos de esporte e cultura com 35 mil crianças e adolescentes até 2023. Com relação ao meio ambiente há investimentos em geração de energia renovável, uso racional de recursos naturais e ampliação da área de preservação.
O mapa com a definição das estratégias foi oficializado em um evento digital com superintendentes e lideranças. O material passa a ser compartilhado com os demais 15 mil colaboradores e 6,2 mil cooperados, para que as ações sejam implementadas em cada um dos setores.

Fonte: O Paraná.

Veja também

Brasil dobra vendas de carne bovina à China enquanto isolamento afeta outros mercados15/04/20 As exportações brasileiras de carne bovina para a China dobraram em março ante igual período de 2019, enquanto outros mercados relevantes para o Brasil reduziram as compras da proteína, já afetados pelo recuo na demanda em meio a medidas de isolamento contra o coronavírus, segundo dados da indústria e especialistas do setor. “Desde agosto de 2019,......

Voltar para Notícias (pt)