21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 06 de Fevereiro de 2019 às 17h26

C.Vale planeja investir R$ 300 milhões em 2019

A valorização dos grãos e o aumento do recebimento de soja compensaram a quebra da safrinha de milho pela estiagem e impulsionaram o faturamento da C.Vale em 23% em 2018.

A receita bruta passou de R$ 6,9 bilhões para R$ 8,5 bilhões. O segmento carnes teve seu desempenho prejudicado pelas limitações impostas pela Europa e China às exportações brasileiras, pela greve dos caminhoneiros e pelo baixo nível de consumo do mercado interno.

Em assembleia dia 1º de fevereiro, em Palotina, o presidente da cooperativa, Alfredo Lang, afirmou que a rentabilidade dos negócios foi afetada pela tabela de fretes e pela crise da economia nacional que levou as empresas a reduzir suas margens de lucro.

Para 2019, a C.Vale planeja ampliar as produções de frangos e de tilápias. Ainda este ano, a cooperativa pretende colocar em funcionamento a nova unidade de recebimento de grãos em Alto Piquiri, no noroeste do estado. Outro projeto da cooperativa para 2019 é o início da construção de um hipermercado em Assis Chateaubriand. Lang, porém, espera que o governo federal reduza os juros das linhas de crédito para investimentos. A cooperativa planeja investir R$ 300 milhões ao longo de 2019.

A C.Vale fechou 2018 com resultado líquido de R$ 100 milhões. O pagamento das sobras começa no próximo dia 4.

Fonte: C. Vale

 

Veja também

Exportação de carne bovina sobe 21% em fevereiro, impulsionada por China09/03/18 As vendas externas de carne bovina brasileira subiram 21% em fevereiro, na comparação com o mesmo mês de 2017, para 120,6 mil toneladas, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na quinta-feira (08). Essas vendas equivaleram a US$ 482,4 milhões em receita para os frigoríficos exportadores, 22% acima do faturamento registrado em fevereiro......
Korin é homenageada na Câmara dos Deputados em Brasília11/12/19 A Korin, conhecida por produzir e comercializar linhas orgânicas e sustentáveis de origem animal e vegetal, foi laureada em sessão solene na terça-feira (03) no Plenário Ulysses Guimarães, Câmara dos Deputados em......

Voltar para Notícias (pt)