09 A 11
DE novembro DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 08 de Dezembro de 2020 às 10h49

Disparam encomendas de robô brasileiro que alimenta suínos enquanto toca música clássica

Novidades do Expositor (162)Notícias do Setor (528)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A demanda por um robô brasileiro que alimenta suínos enquanto toca música clássica disparou neste ano, em um momento em...

A demanda por um robô brasileiro que alimenta suínos enquanto toca música clássica disparou neste ano, em um momento em que os criadores buscam cortar custos em meio à pandemia de Covid-19.

A Roboagro, empresa de Caxias do Sul que vende a engenhoca, disse em um comunicado enviado à Reuters nesta quinta-feira que os pedidos aumentaram em média 400%, para 60 unidades por mês.

A máquina que alimenta os animais, acomodados baias, garante que eles recebem a quantidade exata de ração em cada refeição. Enquanto avança entre os compartimentos, o robô toca música clássica, o que a empresa afirma aliviar o estresse dos porcos em fase de engorda.

O diretor da Roboagro, Giovani Molin, afirmou em nota que o robô reduz a presença de humanos nas criações de porcos, além de gerar dados que ajudam a melhorar o gerenciamento geral do rebanho.

A ração corresponde por até 75% dos custos de produção de suínos, e cada centavo conta em meio a uma forte alta nos preços dos grãos, devido à demanda aquecida.

Segundo a Roboagro, os produtores que utilizam a tecnologia podem melhorar o índice de conversão alimentar dos animais, aumentando o seu rendimento. O robô pode gerar uma economia anual de cerca de 40 mil reais a cada lote de mil animais, disse a empresa, em cálculo que não inclui custos de mão de obra.

A Roboagro afirma que seu robô é utilizado em cerca de 500 granjas no Brasil, incluindo fornecedoras de grandes frigoríficos, como a JBS e a BRF.



Fonte: Reuters

Foto: Divulgação

Veja também

BRF conquista IS0 37001, compromisso com integridade e transparência08/02 A BRF conquistou a certificação do sistema de gestão antissuborno ISO 37001, informou a companhia na quarta-feira (03). Com auditoria externa independente realizada pela Lloyd’s Register, o reconhecimento comprova, segundo a empresa, o seu aprendizado contínuo e eficiência nos seus planos de ação para prevenir e combater práticas relacionadas a suborno e......

Voltar para Notícias (pt)