EXPOMEAT
É ADIADA PARA 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 01 de Setembro às 11h00

Dona da Pif Paf quer garantir 100% das aves livres de gaiolas neste ano

Notícias do Setor (642)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Rio Branco Alimentos, dona da Pif Paf, está trabalhando em um modelo de governança para ampliar práticas de bem-estar...

A Rio Branco Alimentos, dona da Pif Paf, está trabalhando em um modelo de governança para ampliar práticas de bem-estar animal, informou a empresa em seu Relatório de Sustentabilidade divulgado na quinta-feira (26).
“Está previsto para 2021 um modelo de governança que visa a alavancagem de ações e boas práticas de bem-estar animal com a formação de grupos multidisciplinares envolvendo diversas áreas da nossa empresa”, disse a companhia no relatório.
A empresa disse que irá garantir que 100% das aves do sistema de integração sejam livres de gaiolas até 2021. Até 2022, a Rio Branco irá banir 100% da castração cirúrgica em suínos machos.
Para 2025, a companhia pretende ter 100% das suas unidades fabris certificadas em bem-estar animal.
Baias de gestação coletiva para matrizes suínas serão adotadas para toda a produção até 2030, quando a Rio Branco também pretende ter implementado pelo menos um tipo de enriquecimento ambiental em 100% das granjas de aves e suínos.
A empresa também visa banir a mossa (corte de orelha – suínos) e substituir por outros métodos de identificação, além de reduzir o uso de antibióticos em aves.
A Rio Branco já veda o uso de anti-inflamatórios e hormônios e afirma que o uso de medicamentos ou qualquer outro produto só ocorre quando prescrito por veterinário, com administração feita em acordo aos procedimentos padrão de bem-estar animal.
A Rio Branco é maior indústria frigorífica de Minas Gerais, focada na produção de proteína suína e de aves. Além da Pif Paf, a empresa é dona das marcas Fricasa, Ladelli, Club V, entre outras.
A empresa teve uma receita líquida de R$ 2,7 bilhões em 2020, alta de 23,2% em relação ao ano anterior.
Fonte: Carnetec

Veja também

Confiança da indústria se mantém em alta nos 30 setores em agosto01/09 O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) resultados Setoriais, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que todos os 30 setores consultados estão confiantes. O resultado marca o quarto mês consecutivo de confiança disseminada entre todos os setores da indústria. Foram entrevistas 2.383 empresas, sendo 949 pequeno porte, 860......
Alegra eleva exportações em 202027/01 A Alegra, processadora paranaense de carne suína, elevou o volume de produtos exportados para cerca de 24 mil toneladas em 2020, comparadas a 17 mil toneladas em 2019. A companhia exportou 25% da produção total de carne suína......

Voltar para Notícias (pt)