21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 12 de Janeiro às 14h45

Exportação de carne suína em 2020 supera 1 milhão de toneladas pela 1ª vez

Notícias do Setor (306)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal As exportações totais de carnes suína brasileira somaram 1,02 milhão de toneladas em 2020, um recorde para o setor e...

As exportações totais de carnes suína brasileira somaram 1,02 milhão de toneladas em 2020, um recorde para o setor e alta de 36,1% ante 2019, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) nesta semana.

“Seja pelo recorde de exportações de suínos, superando 1 milhão de toneladas pela primeira vez na história, como pela alta nos embarques de aves, as projeções setoriais estabelecidas pela ABPA e confirmadas nas vendas finais reforçam o bom momento para o Brasil no mercado internacional, a despeito de um ano desafiador em todos os sentidos”, disse o presidente da ABPA, Ricardo Santin, em nota.

“A perspectiva é que o ritmo positivo se mantenha em 2021, com a esperada retomada econômica internacional.”

As exportações brasileiras de carne suína geraram receita de US$ 2,27 bilhões no ano passado, aumento de 42,2% em relação a 2019.

Os embarques de carne de frango subiram 0,4%, a 4,23 milhões de toneladas em 2020, quando a receita teve alta de 12,5%, somando US$ 6,123 bilhões.

Apenas no mês de dezembro de 2020, o Brasil exportou 80,3 mil toneladas de carne suína, 5,6% acima do mesmo mês de 2019, gerando receita de US$ 191,2 milhões (+4,1%).

As exportações de carne de frango em dezembro caíram 2,8% ante igual mês de 2019, para 380,8 mil toneladas. A receita das exportações somou US$ 579,6 milhões, queda de 8,9%.


Na revisão final das perspectivas para 2020, divulgadas em meados de dezembro, a ABPA estimou que o volume de exportações de carne de frango brasileira no ano passado ficaria entre estável a um aumento de 0,5% em relação a 2019. Para a carne suína, a entidade previu que entre 1 milhão e 1,03 milhão de toneladas seriam exportadas no ano.

Fonte: Carnetec

Veja também

Tendência das carnes avícolas até 2029 entre os principais produtores mundiais21/07/20 Trabalho conjunto que reúne anualmente OCDE e FAO estima que em 2029 a produção mundial de carnes avícolas ficará próxima dos 146 milhões de toneladas, volume que representará aumento de pouco mais de 10% sobre o que vem sendo previsto para 2020 (132 milhões de toneladas). Entre os três principais produtores mundiais – EUA, China e......

Voltar para Notícias (pt)