21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 07 de Novembro de 2019 às 17h16

Exportações brasileiras de carne bovina atingem melhor resultado mensal da história em outubro

EXPOMEAT 2021 Volume embarcado em outubro foi de 185.537 toneladas e receitas somaram US$ 808,4 milhões As exportações brasileiras de carne bovina fecharam o mês de outubro com recorde em faturamento e nos volumes...

Volume embarcado em outubro foi de 185.537 toneladas e receitas somaram US$ 808,4 milhões

As exportações brasileiras de carne bovina fecharam o mês de outubro com recorde em faturamento e nos volumes embarcados. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), o volume exportado em outubro foi de 185.537 toneladas, crescimento 15% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado representa o maior volume mensal já embarcado pelo país e o maior faturamento em um mês. Em relação ao faturamento, o mês fechou com receita de US$ 808,4 milhões, 30% acima do mesmo mês em 2018. Se comparados ao mês de setembro, os resultados de outubro apontam alta de 33% no faturamento e 28% no volume embarcado.

Quando se olha o acumulado do ano o resultado também é positivo. De janeiro a outubro de 2019 foram exportadas 1.463.922 toneladas de carne bovina, com receitas de US$ 5,776 bilhões, crescimento de 9,9% e 7,5%, respectivamente ante ao mesmo período do ano passado. “Os resultados mostram a consolidação da carne brasileira nos principais mercados internacionais”, explica o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli.

Um dos principais aspectos para esses resultados é o avanço das exportações para a China, que em outubro somaram 65.827 toneladas, crescimento de quase 62% em relação ao mês anterior. Quando se observa os tipos de produtos, as vendas de carne in natura registraram alta de 29,4% em relação a setembro, somando 160.099 toneladas.

Fonte: Abiec

Veja também

Carnes/China: importação aumenta 69,6% no primeiro bimestre de 2020, para 1,25 milhão de toneladas24/03 As importações chinesas de carnes e miúdos totalizaram 1,25 milhão de toneladas no primeiro bimestre deste ano, volume 69,6% maior que o adquirido em igual período do ano anterior, informou o Departamento de Alfândegas da China (GACC, na sigla em inglês). A despesa com a importação do produto aumentou 120,7%, atingindo US$ 4,64 bilhões no......
Custos de produção de aves e suínos caem mais de 30% em 12 meses18/07/17 Por Anna Flávia Rochas em 18/07/2017 Os custos de produção de aves e suínos no Brasil caíram mais de 30% nos últimos 12 meses, refletindo a redução nos custos de grãos usados na......
Brasil deve exportar 10% a mais de carne bovina em 2018, diz Abiec18/12/17 Os volumes de exportações brasileiras de carne bovina devem subir 9,8% em 2018, para 1,68 milhão de toneladas, com expectativa de retomada das vendas do produto in natura para os Estados Unidos, aumento de habilitações de......

Voltar para Notícias (pt)