EXPOMEAT
É ADIADA PARA 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 15 de Setembro às 11h17

Frísia teve receita recorde no primeiro semestre de 2021

Notícias do Setor (642)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A cooperativa paranaense Frísia fechou o primeiro semestre com receita líquida de R$ 2,472 bilhões, a maior para o...

A cooperativa paranaense Frísia fechou o primeiro semestre com receita líquida de R$ 2,472 bilhões, a maior para o período em seus 96 anos de história. O faturamento foi 53,9% maior que o registrado nos seis primeiros meses de 2020, que somou R$ 1,6 bilhão.
Na apresentação dos números aos cooperados, nesta quinta-feira, a cooperativa, a mais antiga do Paraná, revelou também seu planejamento estratégico para os próximos cinco anos. A Frísia completará 100 anos em 2025. No ano passado, ela produziu 283 milhões de litros de leite, 832,7 mil toneladas de grãos e 28 mil toneladas de suínos.
"O aumento de custos que nós estamos enfrentando, com pressão da inflação e alta nos preços dos insumos, se reflete nos nossos números", diz, em nota, Nevair Mattos, gerente administrativo e financeiro da Frísia. "Buscamos eficiência em outros negócios de forma a compensar o aumento de custo”.
Com sede em Carambeí (PR) e entreposto em Tocantins, a Frísia é dona das marcas Sementes Batavo, Rações Batavo, plataforma Digital Agro, feira ExpoFrísia e TRR Frísia, voltada à comercialização de combustível. A cooperativa também integra o sistema de intercooperação Unium (que engloba cooperativas coirmãs), com a atuação em moinho de trigo (farinhas Herança Holandesa e Precisa), industrialização de carnes (Alegra), beneficiamento de leite (Colônia Holandesa, Naturalle e Colaso) e usina de bioenergia (Energik).
Fonte: Avicultura Industrial

Veja também

Egito aprova importação de produtos termoprocessados de aves do Brasil28/07/20 O Egito aprovou a importação de produtos termoprocessados de aves produzidos no Brasil, informou o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em comunicado na quinta-feira (23). Quarenta plantas brasileiras estão habilitadas a exportar frango inteiro para o Egito, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O Mapa disse que......

Voltar para Notícias (pt)