21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 09 de Outubro às 13h06

Governo do Paraná diz que JBS planeja expandir investimentos no estado

Notícias do Setor (210)
EXPOMEAT 2021 A JBS planeja expandir operações no estado do Paraná como parte de um plano investimentos de médio e longo prazos, informou a agência de notícias do Governo do Estado do Paraná...

A JBS planeja expandir operações no estado do Paraná como parte de um plano investimentos de médio e longo prazos, informou a agência de notícias do Governo do Estado do Paraná após encontro entre o governador Carlos Massa Ratinho Junior e o presidente da JBS América do Sul e da Seara, Wesley Batista Filho, na segunda-feira (05).

O plano de investimentos da JBS para o estado, em fase de elaboração, poderá gerar milhares de empregos com ampliações e construção de novas fábricas, segundo o governo do Paraná. A companhia também planeja incorporar cerca de mil produtores rurais à sua base de fornecedores..

A JBS já tem operações em 14 municípios paranaenses, com 11,3 mil colaboradores e 2 mil produtores integrados.

“É um plano de expansão de médio/longo prazo. Queremos fazer em cinco anos, mas isso depende dos financiamentos para as adesões de novos produtores e demandas energéticas. Há expectativa de dobrar o número de colaboradores no estado”, disse Wesley Batista Filho, segundo nota divulgada pelo governo do Paraná.

“O Paraná tem a vantagem da cultura da produção e da integração dos processos. Separamos o estado para ser tocado como um negócio à parte da empresa.”

O governador do Paraná sugeriu que os investimentos da JBS em novas plantas no estado aconteçam em municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), principalmente na região central do estado.



Fonte: Carnetec

    Veja também

    SC completa cinco anos do reconhecimento internacional como zona livre de peste suína clássica01/06 Maior produtor nacional de suínos, Santa Catarina comemora cinco anos como zona livre de peste suína clássica. Em 28 de maio de 2015, catarinenses e gaúchos receberam a certificação da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como a primeira zona brasileira livre da doença. "Em Santa Catarina o trabalho conduzido pela Secretaria da......

    Voltar para Notícias (pt)