21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 28 de Abril de 2020 às 15h36

JBS divulga avanços na gestão e implementação de práticas de bem-estar animal

Notícias do Setor (435)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal O principal indicador de bem-estar animal do mundo, elaborado anualmente pelo Business Benchmark on Farm Animal Welfare (BBFAW), posicionou a JBS...

O principal indicador de bem-estar animal do mundo, elaborado anualmente pelo Business Benchmark on Farm Animal Welfare (BBFAW), posicionou a JBS entre as empresas brasileiras mais bem avaliadas do segmento de proteína animal, disse a companhia em nota divulgada à imprensa.

“Este resultado reflete o compromisso da empresa com o tema, que tem aprimorado cada vez mais as atividades realizadas no campo e na indústria”, ressaltou na nota o diretor de Sustentabilidade da JBS, Márcio Nappo.

Além de promover melhorias na cadeia de produção, a empresa tem apostado no treinamento dos colaboradores em todo o mundo, especialmente, no Brasil, Estados Unidos, Austrália, Inglaterra e México.

Dois dos principais negócios da JBS no Brasil, por exemplo, a Friboi e a Seara, apostaram fortemente na melhoria e aperfeiçoamento das práticas de bem-estar animal desempenhadas nas granjas e currais, indústria e transporte dos animais.

Medidas
Entre as medidas mais recentes adotadas pela JBS no Brasil destacam-se a aquisição de uma nova frota de carretas projetadas para assegurar maior conforto aos animais durante o transporte do gado das fazendas às unidades de processamento; melhorias em equipamentos e instalações industriais; parceria com universidades para ampliar e aprofundar estudos relacionados ao tema; e o patrocínio da produção de materiais educativos para conscientizar ainda mais os pecuaristas sobre a importância das boas práticas de bem-estar animal.

Outro ponto de destaque foi a evolução da Seara em seu compromisso com o uso de gaiolas de gestação coletiva para matrizes suínas, que proporcionam mais conforto quando comparadas às baias individuais, que atingiu 58% da produção da empresa em 2019. O objetivo da empresa é atingir 100% da produção nesse sistema até 2025, conforme previsto em compromisso público assumido em 2015.

“As melhores práticas de bem-estar animal guardam estreita relação com o sucesso das nossas operações. A JBS trata esse tema com extremo rigor. Para nós, é gratificante ver o trabalho da JBS refletido no BBFAW”, concluiu Nappo.

Gestão
As boas práticas de bem-estar animal da JBS integram a estratégia de sustentabilidade da companhia, cujo objetivo é alcançar uma produção de qualidade cada vez melhor, respeitando o meio ambiente, fazendo o uso consciente dos recursos naturais e reduzindo a geração de resíduos.

A empresa conta com procedimentos de bem-estar animal em todas as suas unidades, que estão de acordo com padrões nacionais e internacionais e são baseados no respeito às cinco liberdades fundamentais dos animais: livre de fome e sede; livre de desconforto; livre de dor, injúria e doença; livre para expressar seu comportamento natural e livre de medo e estresse.

Para gerenciar o tema, a empresa possui equipes especializadas em cada tipo de proteína que trabalha (aves, suínos e bovinos) e adota técnicas que são constantemente aprimoradas de acordo com as melhores práticas de mercado. Além disso, a JBS mantém ainda um Comitê de Bem-Estar Animal, constituído em 2017, que tem como responsabilidade estabelecer diretrizes que possam fazer com que o tema esteja em constante evolução na companhia.

Fonte: Carnetec

Veja também

Carne Angus Certificada fecha números de exportação de 202016/02 Com foco nos embarques para a China, a exportação de Carne Angus Certificada atingiu novo recorde em 2020. Conforme dados apurados pela Associação Brasileira de Angus, foram enviadas ao mercado externo 597,716 toneladas de Carne Angus ao longo do ano. Os chineses abocanharam 42,7% desse montante, adquirindo 255 toneladas. “Nos últimos anos, a Angus vinha avançando nos......
Embarques de carne suína aumentam 13,2% em novembro11/12/19 As exportações brasileiras de carne suína (considerando todos os produtos, entre in natura e industrializados) alcançaram 66,4 mil toneladas em novembro, volume 13,2% superior às 58,7 mil toneladas embarcadas no mesmo......

Voltar para Notícias (pt)