21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 03 de Maio de 2018 às 21h58

JBS investe R$ 20 milhões para ampliar produção em Goiânia

EXPOMEAT 2021 Por Anna Flávia Rochas A JBS S.A. investiu R$ 20 milhões na sua unidade de carne bovina em Goiânia (GO), ampliando a atividade de desossa em 35% nesta planta, informou a empresa em comunicado na...

Por Anna Flávia Rochas

A JBS S.A. investiu R$ 20 milhões na sua unidade de carne bovina em Goiânia (GO), ampliando a atividade de desossa em 35% nesta planta, informou a empresa em comunicado na quarta-feira (02).

A unidade passará a desossar 800 bois por dia, com possibilidade de aumento da capacidade a depender da demanda de mercado.

As câmaras de maturação, com capacidade de abrigar carcaças por até 48 horas antes do processo de desossa, tiveram sua capacidade ampliada em 30%.

A planta, adquirida pela JBS em 1996 e que emprega 1.050 pessoas, ficou em reforma por 90 dias. A JBS espera que a unidade esteja funcionando a toda capacidade ainda neste segundo trimestre, quando a empresa deve abrir outras 150 vagas.

“Goiânia é uma de nossas plantas mais importantes, pois além de abastecer o mercado interno conta com uma lista de mais de 60 países atendidos”, disse o presidente da JBS Carnes, Renato Costa.

Além do aumento da capacidade de produção, a JBS investiu em melhorias que visam atender aos padrões de qualidade e segurança exigidos pelos diversos mercados consumidores.

A JBS já havia anunciado em abril que investiu R$ 13 milhões, entre o início do ano passado e fevereiro de 2018, para ampliar a produção de hambúrgueres em duas unidades no estado de São Paulo, elevando a capacidade de produção da companhia no Brasil para 7 mil toneladas de hambúrgueres por mês a partir de maio.

Fonte: Carnetec

Veja também

Entrevista Acav: Cenário positivo para a avicultura brasileira em 202009/01 José Antônio Ribas Júnior, presidente da Acav (Foto: UQ Design) Em entrevista produzida e divulgada pela assessoria de imprensa da Associação Catarinense de Avicultura (Acav) na terça-feira (07), o presidente da entidade, José Antônio Ribas Júnior, disse que o Brasil vai liderar o agronegócio mundial. A aposta do dirigente tem como base o bom......

Voltar para Notícias (pt)