EXPOMEAT
de 21 a 23 de Março de 2023

Das 14h às 20h
Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 06 de Janeiro de 2021 às 10h44

Marfrig, BRF, JBS e Minerva na carteira Carbono Eficiente da B3

Notícias do Setor (669)
EXPOMEAT 2023 - IV Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A bolsa de valores B3 incluiu as quatro maiores processadoras de carnes brasileiras na carteira do Índice Carbono Eficiente (ICO2) de...

A bolsa de valores B3 incluiu as quatro maiores processadoras de carnes brasileiras na carteira do Índice Carbono Eficiente (ICO2) de janeiro a abril de 2021.

Marfrig, BRF, JBS e Minerva farão parte do ICO2 nos próximos meses.

O índice foi criado em 2010 para ser um instrumento indutor das discussões sobre mudança do clima no Brasil, segundo informações no site da B3.

“A adesão das companhias ao ICO2 demonstra o comprometimento com a transparência de suas emissões e antecipa a visão de como estão se preparando para uma economia de baixo carbono”, disse a B3.

Para inclusão no ICO2, as empresas precisam pertencer à carteira IbrX100, aderir formalmente à iniciativa do ICO2 e reportar dados do inventário anual de gases do efeito estufa (GEE).

As empresas de carne bovina brasileiras têm sido cobradas por investidores e ambientalistas sobre suas iniciativas para rastrear a produção e garantir a compra de gado regular, livre de áreas de desmatamento ou ilegais.

No ano passado, Marfrig e JBS se posicionaram novamente sobre o tema, comprometendo-se em investir em iniciativas para ampliar o rastreamento da cadeia produtiva.

O diretor de Sustentabilidade e Comunicação da Marfrig, Paulo Pianez, disse em nota divulgada pela companhia que começar o ano com a notícia de entrada no índice ICO2 “nos motiva ainda mais para darmos continuidade a nossa agenda de sustentabilidade”.

A Marfrig disse que monitora todas as ações diretas, como a combustão de caldeira e geradores, bem como as ações indiretas, incluindo transporte e compra de matéria-prima de terceiros. A companhia lançou em 2020 a marca Viva Carne Carbono Neutro, que neutraliza as emissões de carbono por meio de uma produção silvipastoril.

A Minerva disse que a inserção no ICO2 “demonstra o comprometimento da companhia com a transparência de suas emissões e como estamos nos preparando para uma economia de baixo carbono”.

A Marfrig, a Minerva e a BRF também entraram na mais recente carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3 divulgado em dezembro.

Fonte: Carnetec

Veja também

Ano deve ser de saldo positivo para pecuária de corte brasileira30/06/20 Mesmo diante de um cenário de incerteza econômica para muitos setores, a alta no preço da arroba e o aumento das exportações sinalizam que o ano será positivo para a pecuária de corte brasileira. As “Perspectivas para o mercado da pecuária no Brasil” estiveram em pauta no último dia 17 de junho no encontro on-line promovido pela Datagro e o......
Alegra investe R$ 1,8 mi em reciclagem animal30/06/21 A Alegra, processadora de carne suína que reúne as cooperativas paranaenses de origem holandesa Frísia, Castrolanda e Capal, disse na segunda-feira (21) que está investindo R$ 1,8 milhão em reciclagem animal. A......

Voltar para Notícias (pt)