09 A 11
DE novembro DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 27 de Janeiro às 11h05

Pif Paf conquista Selo Mais Integridade do Mapa pelo 3º ano consecutivo

Notícias do Setor (579)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Pif Paf Alimentos recebeu novamente o Selo Mais Integridade, uma certificação do Ministério da Agricultura, Pecuária...

A Pif Paf Alimentos recebeu novamente o Selo Mais Integridade, uma certificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que reconhece as boas práticas de gestão, ética e sustentabilidade das companhias brasileiras do agronegócio, informou a empresa na segunda-feira (25).

Este é o terceiro ano consecutivo em que a Pif Paf recebe a premiação, representando os setores de aves e suínos do país. Dessa forma, segue autorizada a utilizar o Selo 2020/21 nas embalagens de seus produtos, também ao longo de 2021. Desta vez, a premiação foi conferida a apenas 20 empresas brasileiras do agronegócio, em lista divulgada no último dia 18 de janeiro.

Para a Pif Paf, trata-se de um novo atestado da qualidade do trabalho realizado por toda a equipe. Segundo o CEO da companhia mineira, Rodrigo Alves Coelho, a empresa começou com essa jornada há muitos anos, implementando comitês de ética e compliance, canais de denúncia, código de conduta e tantas outras práticas de ética e de governança.

"Temos o Conselho de Administração, toda a diretoria executiva e as lideranças alinhados em prol de um processo muito robusto para garantir a sustentabilidade e competitividade, com ética e integridade. Isso mostra que é possível ter empresas que realmente entregam valor para todos os envolvidos, seja a comunidade, seja o meio ambiente, os acionistas e os colaboradores”, disse Coelho em nota.

De acordo com a Portaria nº 61 do Mapa, de 20 de fevereiro de 2020, publicada no Diário Oficial da União, para conseguir a certificação, é preciso comprovar a implementação de programa de Compliance, de código de ética e conduta, de canais de denúncias e consolidar esta cultura internamente.

Além disso, as obrigações trabalhistas precisam ser cumpridas rigorosamente, assim como as práticas devem estar em consonância com as metas para o Desenvolvimento Sustentável das Organizações das Nações Unidas (ONU), entre outras exigências. A documentação dos interessados é analisada pelo Comitê Gestor do Selo, composto por representantes de instituições públicas e privadas.

O Selo Mais Integridade é de uso restrito, registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi). É estampado nas embalagens dos produtos, a fim de diferenciar as empresas e entidades do agronegócio que desenvolvem boas práticas de governança e gestão, ética e sustentabilidade, capazes de minimizar riscos de ocorrência de desvios de conduta e de fazer cumprir a legislação, em especial a Lei Anticorrupção (Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013).

As empresas certificadas podem utilizar o selo, que é validado pelo Instituto Ethos de Responsabilidade Social, pelo período de um ano. Em sua primeira edição, em 2018, apenas 11 companhias brasileiras foram certificadas. Em 2019, o número chegou a 15, sendo que nove conquistaram a renovação, entre elas a Pif Paf.

Fonte: Carnetec


 

Veja também

Minerva compra planta de abate e desossa na Colômbia11/08/20 A Minerva S.A. fechou a compra de uma planta de abate e desossa na Colômbia, com capacidade de produção de 700 cabeças bovinas/dia, informou a empresa. A planta localizada em Bucaramanga, no departamento de Santander, foi adquirida por US$ 14 milhões e irá dobrar o volume de operações da Minerva na Colômbia em 2021, segundo a companhia. A......

Voltar para Notícias (pt)