09 A 11
DE novembro DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 01 de Abril de 2020 às 14h14

Piscicultura mantém nível habitual de produção

Notícias do Setor (468)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR) declarou que não há risco de desabastecimento de pescados no...

A Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR) declarou que não há risco de desabastecimento de pescados no mercado nacional. A orientação da entidade, para que a produção seja mantida, é de que as empresas tomem todas as precauções necessárias em termos de segurança e saúde e mantenham seus colaboradores, clientes e parceiros informados sobre as melhores práticas sanitárias.

“A alimentação é essencial. Estamos nos movimentando para que o fluxo de abastecimento de peixes à população não seja afetado. Nossa cadeia produtiva é qualificada, tecnificada e preocupada com a saúde alimentar da sociedade”, declara Francisco Medeiros, presidente da Peixe BR.

Medeiros também salienta o valor nutricional dos peixes de cultivo nacional, coo a tilápia e tambaqui: “A produção acontece em ambiente controlado e o cuidado com a sanidade é muito rígido. Sempre trabalhamos para garantir a segurança e oferecer alimentos saudáveis para os consumidores. E continuamos da mesma forma, mesmo em um momento extremamente desafiador".

A entidade também ressaltou, em nota, que está atuando junto aos governos estaduais e federal para que não impeçam o fornecimento de insumos essenciais aos produtores, assim como o transporte de peixes para os frigoríficos. “Precisamos encarar o momento com solidariedade e cuidado, realizando ações estratégicas para garantir o bom funcionamento das atividades essenciais à população”, pontua o presidente.

Fonte: PeixeBR, adpatado pela equipe feed&food

Veja também

Minerva diz que China retomou compras de carne bovina produzida em Barretos14/10/20 A Minerva disse na sexta-feira (09) que a China retomou as compras de carne bovina produzida na planta da companhia em Barretos (SP). A China tinha decidido suspender as compras de carne bovina da planta de Barretos uma semana antes, “em função da realização de testes sanitários conduzidos pelas autoridades alfandegárias chinesas”, segundo comunicado......
Alegra eleva exportações em 202027/01 A Alegra, processadora paranaense de carne suína, elevou o volume de produtos exportados para cerca de 24 mil toneladas em 2020, comparadas a 17 mil toneladas em 2019. A companhia exportou 25% da produção total de carne suína......

Voltar para Notícias (pt)