21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 24 de Janeiro de 2019 às 18h27

Tectru confirma presença na Expomeat 2019

Releases da Feira (124)

A Tectru S.A. - Peças e Máquinas Industriais é uma empresa voltada à fabricação de máquinas e equipamentos para processamento de alimentos e desde 1993 acompanha o ritmo de expansão da agroindústria, fabricando equipamentos e peças com a qualidade que conquistou mercados no mundo inteiro. Constantemente investindo em novas tecnologias, a Tectru é capaz de suprir as mais modernas soluções às empresas que buscam eficiência, qualidade e confiabilidade, por meio de máquinas e equipamentos inovadores, arrojados e robustos, garantindo excelentes resultados.

Atua no mercado interno e externo com frigoríficos de aves. Entre os principais produtos estão processadora de moelas, repasse semiautomático de moelas, desengordurador de moelas, limpador de coração e sistemas de vácuo.

Dentre seus equipamentos, o mais recente é o Sistema Semiautomático de Repasse de Moelas, hoje uma exigência do Ministério do Trabalho e, para atendimento de normas, a equipe de pesquisa e desenvolvimento da Tectru trabalhou por três anos para elaboração e melhorias, gerando quatro patentes aplicadas, o que garantiu à empresa o melhor desempenho do mercado. Isso proporcionou o fornecimento do equipamento para aproximadamente 90% do mercado.

A Repassadora de Moelas foi projetada para facilitar a operação, manutenção e higienização; com posição de operação ergonômica, otimizando o ganho produtivo e eliminando problemas de saúde ocupacional; com flexibilidade, pode ser utilizado para inspeção e repasse de uma ou mais processadora de moelas; totalmente adequada à norma de segurança NR-12.

Mais informações: www.tectru.com

Veja também

C.VALE: Frigorífico da Plusval entra em operação em Umuarama09/07 Entrou em operação, nesta quarta-feira (08/07), o frigorífico da Plusval em Umuarama (PR). O empreendimento é uma iniciativa da C.Vale e da Pluma Agroavícola, que investiram R$ 60 milhões na reforma e aquisição de novos equipamentos para a indústria. A planta industrial havia sido desativada em 2016 pela Averama. Cerimônia - A cerimônia,......

Voltar para Notícias (pt)